Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

!i!i Francisco Fiúza o Blog i!i!

Um blog sobre... o que me vai na alma, ou então não!!

Opinião: Premio da TV Cabo

Francisco Fiúza, 21.11.08

Esta aconteceu-me há 2 semanas, mas ainda não tinha tido tempo de contar.

Pois é ganhei um prémio da ZON TVcabo.

Segundo eles estavam a fazer um concurso de angariação de novos clientes para a empresa, e o meu numero de telefone foi um dos felizes contemplados, ligaram cá para casa e a minha mãe deu-lhes o numero de telemóvel para poderem falar com a minha pessoa.

O prémio era uma parabólica com o aparelho oferecido e um pac de canais, que poderia escolher outros três meses depois. para o receber, teria que pagar a deslocação do técnico (50 euros), e pagar mais 2 euros e meio no primeiro mês resultado de não sei o quê.

Como a MEO por fim chegou aqui a Milfontes com o cabo, prefiro ter televisão por cabo que por satélite, como é obvio, já que posso juntar as facturas de net tv e telefone, fico bem servido de net (espero eu, se não começo a chatear a PT), comuniquei este interesse aos senhores da zon, ao que me disseram (claro, para me tentar dar a volta), que o serviço deles zon era melhor que o da MEO, porque os primeiros tinham realmente 3 serviços baseados em plataformas diferentes (mentira, que o telefone é voiceip, ou seja baseado no ip da net, ou será que metem um ip diferente para telefone e outro para a net?). e que os segundos, tinham escolhido um caminho da iptv ( o que eu acho normal porque a pt é baseado em comunicações via telefone, ou net, se me faço entender).

E também tentaram me convencer que o serviço de parabólica era melhor que o de cabo, porque o primeiro era digital e o segundo era analógico, ao que eu depreendi que quem tem tvcabo por cabo também está mal servidos com o tal serviço analógico, ora assim sendo a cidade de Lisboa e Porto estão mal servidas de tv porque tem serviço analógico segundo a própria ZON TVCabo.

No fim desta conversa toda recusei o presente dessa empresa, ao que eles me disseram que eu me ia arrepender, ao que eu disse que se eu me arrepender, seria problema meu.